19/07/2017 - Franquia

O que são as microfranquias, afinal?

MM_O-que-caracteriza-uma-microfranquia_editado---post---DI---19052017

Cada vez mais, cresce no mercado um modelo de negócio que combina os conceitos e os princípios básicos das redes de franquias com oportunidades para quem conta com investimento inicial baixo: as microfranquias. Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), as microfranquias exigem investimento inicial de até R$ 90 mil, considerando gastos com mobiliário, estoque inicial, reforma do ponto comercial, taxa de franquia e capital de giro. Esse é o teto. Em média, há opções no mercado disponíveis para investimentos iniciais entre 44 e 54 mil reais.

Há opções de microfranquias em diversos setores da economia, desde serviços de limpeza e de manutenção do lar, até cuidados com idosos, animais de estimação, beleza, estética, turismo e aulas particulares. Dados da ABF apontam que entre 2013 e 2016, o número de redes que operam com modelo de microfranquia aumentou 45%, passando de 384 para 557 unidades. Deste total, quase 80% das marcas atuam exclusivamente neste formato.

Além do baixo investimento, a microfranquia também é caracterizada pela infraestrutura menor – isso quando ela existe. O franqueado tem a opção de trabalhar home office e sem funcionários, ou escolher uma marca com atuação em quiosques. É importante ressaltar que, ao optar pela microfranquia, o franqueado precisa estar dedicado integralmente ao negócio e realmente colocar a mão na massa para atingir os resultados esperados.

Retorno

Geralmente, as redes de microfranquias estimam um faturamento médio mensal de até R$ 30 mil aos seus franqueados. Já o retorno inicial para redes que trabalham apenas com o modelo de microfranquia é, em média, de 12 meses.

Impacto social

As microfranquias ajudam a impulsionar economias locais e a gerar uma série de vantagens nas comunidades onde atuam. A partir do modelo, pessoas que dificilmente teriam a oportunidade de se tornarem donas do próprio negócio têm a chance de empreender. Estudantes, donas de casa e aposentados, por exemplo, que buscam um complemento de renda, além de desempregados que decidem criar seu “autoemprego”, encontram na microfranquia uma opção para empreender com quem já fez e deu certo.

Antes de investir

Antes de embarcar no mercado das microfranquias, é necessário prestar atenção em alguns detalhes:

  • Confirme se o perfil como franqueado está de acordo com o modelo de negócio. Franqueadoras de microfranquias, em geral, procuram pessoas dispostas a se dedicar integralmente, organizadas, disciplinadas e comunicativas;

 

  • Tenha uma boa rede de relacionamento e automotivação;

 

  • Selecione um negócio na sua área de interesse, alinhado com os seus princípios e valores;

 

  • Tenha confiança na marca. Estude profundamente o plano de negócios da microfranquia e certifique-se de que atende às suas expectativas e alcance financeiro.

 

Deixe seu comentário

  • Gostaria de vendê está jóias como fazo

    • admin julho 24, 2017

      Olá Gracy, bom dia!

      Muito obrigada pelo seu contato!
      Estaremos enviando a sua pergunta para o setor responsável.

  • Maria Cristina Valieri Paes julho 20, 2017

    Olá,
    Gostaria de receber maiores informações sobre a micro franquia.

    Obrigada

    • admin julho 20, 2017

      Olá Maria, bom dia!

      Muito obrigada pelo seu contato!
      Estaremos enviando a sua pergunta para o setor responsável.