15/08/2017 - Franquia

Franquia barata é um bom negócio?

Franquia barata é um bom negócio?

É normal e intuitivo pensar que, para ter um bom retorno financeiro com um novo negócio, são necessários grandes investimentos e muitas horas de trabalho. Ter uma franquia poupa todo esse trabalho, mas ainda assim o empreendedor esbarra no maior de todos os desafios para começar, que é o capital inicial.

Felizmente, hoje há opções de franquias que conseguem ao mesmo tempo ser baratas e rentáveis, como é o caso das microfranquias. O próprio nome já explica o conceito, que tem por característica exigir um investimento mais baixo que o de uma franquia convencional.

Para definir qual é o valor máximo de investimento para que o negócio seja considerado uma microfranquia, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) utiliza uma métrica atrelada ao Produto Interno Bruto (PIB) per capita e à variação cambial. Este valor, em 2017, passou a ser de R$ 90 mil reais. Até 2016, era de R$80 mil.

Após rápidas pesquisas na internet, o futuro franqueado consegue encontrar diversas opções de franquias de múltiplos segmentos, com valores até mesmo muito abaixo do limite, a partir de R$ 5 mil. O importante, neste primeiro momento, é ter uma ideia de qual segmento se quer empreender, e qual o valor que se dispõe para iniciar. Feito isso, a pesquisa fica muito mais rápida.

Há empresas que operam nos dois modelos, tanto com franquias quanto microfranquias, como é o caso das marcas de shopping que possuem lojas e quiosques. O Mapa da Mina, por exemplo,  possui ambas as opções e, neste ano, lançou o modelo de exposição dos produtos em torres, que não depende de ponto fixo e pode ser iniciado com investimento a partir de R$ 50 mil.

Diferentes modelos

 O empreendedor não deve se prender às marcas que são super conhecidas e estão em todos os shoppings. A dica é sempre pesquisar bem sobre a marca, por mais desconhecida e por mais barato que seja o investimento, pois sempre será possível encontrar referências na internet.

Em geral, os negócios que demandam investimentos mais baixos são aqueles em que é possível trabalhar diretamente de casa, a partir do sistema da franqueadora. Caso seja necessário um ponto físico, o investimento inicial varia de acordo com a localização do negócio e do tamanho escolhido para a loja.

Retorno Rápido

Segundo pesquisa inédita que a ABF conduziu em 2016, o home office é a “localização” de 30% das microfranquias no Brasil que operam apenas neste modelo. A pesquisa também apontou que o Retorno sobre o Investimento (ROI) do modelo vem em menos de um ano, em mais de 50% dos casos.

Para as marcas que operam em dois modelos, o ROI vem bem mais rápido para as microfranquias do que para as franquias. Enquanto que para as primeiras o retorno vem em sua maioria até 18 meses após o início do negócio, para as segundas ele vem, em sua maioria, entre 18 e 36 meses. Ou seja, além de investir menos, o investimento volta mais rápido.

As microfranquias são uma opção viável para aqueles que desejam empreender com um capital inicial baixo dentro de um ramo que se gosta, dada a infinidade de opções disponíveis atualmente, e conta com a relativa segurança que o negócio das franquias oferece. Vale a pena investir, desde que o investidor pesquise muito antes de decidir, pois existe ao menos uma opção ideal para todo aspirante a franqueado.

Deixe seu comentário

  • […] Ficou interessado em expandir a sua atuação no mercado e conseguir uma renda extra? Conheça mais sobre a alternativa da microfranquia e o modelo de negócios de baixo investimento. […]

  • Rosilene santos silva agosto 22, 2017

    E se eu nao tiver esse dinheiro e necessário

    • admin setembro 13, 2017

      Olá Rosilene, bom dia!

      Logo em breve entraremos em contato via e-mail