12/09/2017 - Franquia

Franquias em Shopping: O que é melhor, loja ou quiosque?

Shopping: O que é melhor, loja ou quiosque?

Para os empreendedores que planejam investir em franquias em shoppings centers, as duas opções mais comuns são as lojas e os quiosques. Cada uma delas tem perfis diferentes, com vantagens e desvantagens, e é importante que o investidor entenda estas características antes de tomar uma decisão sobre qual caminho seguir. Alguns dos itens que devem ser levados em conta são os prazos de contrato, o valor de investimento e os custos gerais, além das diferentes dinâmicas de funcionamento e de atração do consumidor.

Com o grande fluxo de consumidores nos corredores, as lojas têm a vantagem de chamar a atenção com suas vitrines e produtos expostos. Por terem espaço reservado e fechado, podem fazer estoque e posicionar os produtos de modo que o consumidor tenha facilidade de locomoção e escolha. Além disso, os consumidores costumam comprar mais em lojas tradicionais do que em quiosques.

Apesar de todos estes pontos positivos, as lojas costumam ser mais caras, não só pelo metro quadrado de locação, mas em custos gerais. Antes de começar o negócio, é preciso pagar a luva, espécie de compra do ponto. A luva é paga uma única vez, mas seu valor pode ser alto, a depender da localização e do tamanho da loja.

Ao alugar um ponto em shopping, é preciso pagar, além do aluguel, o fundo de promoção e condomínio. No aluguel, há variação de mês para mês, com uma prática comum de definição de valor mínimo ou percentual sobre as vendas. Segundo esta prática, se em um mês o percentual acordado representar um valor maior do que o do aluguel, será pago o maior valor ao shopping.

 Já os quiosques têm como principal atrativo o custo, que tende a ser muito menor que uma loja tradicional, tanto em valor de aluguel por metro quadrado, quanto em custos gerais, já que não possui a necessidade de compra de luva. O valor pago em condomínio garante despesas como água, luz, limpeza e segurança.

Outra diferença importante entre lojas e quiosques é o prazo do contrato, que costuma ser mais curto para os quiosques, podendo inclusive ter tempo indeterminado. Por tratar-se de uma locação no meio do corredor, é preciso tomar cuidado para não virar apenas um balcão de informações, usando a criatividade para chamar a atenção dos consumidores que passam pelo corredor. Outro desafio é o espaço limitado, sem possibilidade de estoque, o que exige uma escolha cuidadosa dos produtos que serão expostos.

Os dois modelos de negócio – lojas e quiosques – desfrutam das vantagens de estar em um shopping center – como segurança, limpeza, horário de atendimento diferenciado, banheiro e estacionamento – mas a escolha do tipo de empreendimento vai depender do perfil de cada investidor e de qual alternativa traz mais vantagens do que desafios para cada um.

 

Deixe seu comentário

  • Verônica Mendes da costa outubro 1, 2017

    Gostaria de fazer parte dessa família que só tem crescido com muito amor ❣

    • admin outubro 2, 2017

      Olá Verônica, bom dia!

      Muito obrigada pelo contato!
      Logo em breve entraremos em contato via e-mail!