20/12/2017 - Franquia

Revendia semijoia para complementar renda, e se tornou fundadora do Mapa da Mina

Elisangela Jamil - texto Revendia semijoia para complementar renda, e se tornou fundadora do Mapa da Mina

Boa de papo e com espírito vendedor assumido, Elisângela Machado não pensou duas vezes ao ser convidada por um amigo para ser revendedora de semijoias em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Era começo da década de 1990 e a carioca, que trabalhava como balconista em uma loja de roupas, precisava complementar a renda de R$ 1.300 e viu ali uma grande oportunidade.

“Sempre gostei de vender, de lidar com o público, ajudar a encontrar o que combina melhor com cada pessoa”, conta Elisângela. Essa característica pessoal fez com que a empreendedora se destacasse com as revendas, montando os próprios mostruários e até formando uma equipe.

Com essa nova rotina profissional, ela conseguiu dobrar a renda mensal e chamar a atenção do marido, Jamil Machado. Juntos, eles decidiram abrir uma loja de folheados a ouro que revendia os produtos comprados diretamente dos fabricantes. Assim nasceu, em 1995, o Mapa da Mina.

A expansão no modelo de franquias

O sucesso do negócio foi tanto que Jamil pediu demissão do emprego na área de tecnologia da informação e, em quatro anos, abriram mais três lojas no Rio de Janeiro. Com a aceitação e demanda crescente, o casal identificou no modelo de franquias o formato ideal para a expansão.

Durante esse processo, um dos fornecedores, o fabricante de semijoias, Marcos Pertile, percebeu o potencial da marca e se tornou sócio da empresa. Dessa forma, o Mapa da Mina passou a ter fabricação própria e uma linha exclusiva de produtos com garantia de um ano. Era o diferencial que faltava para a marca ser lançada no mercado como franquia.

O sonho virou realidade

Hoje, a rede iniciada por Elisângela Machado conta com 15 unidades nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro e alcançou faturamento de R$ 12 milhões em 2017. Com três modelos de franquias disponíveis, loja, quiosque e o express (torres), a empreendedora e sua marca conseguem atrair franqueadores de diversos perfis e oferecer todo o suporte necessário para que os donos das unidades sejam bem-sucedidos e façam parte desse sucesso.

Quer transformar sua história como a Elisângela transformou a dela? Saiba mais sobre o mercado de acessórios que vem apresentando forte crescimento no Brasil e é motivo de desejo principalmente entre o público feminino.

Deixe seu comentário

  • Socorro Leitao dezembro 28, 2017

    Bom dia, prezados senhores tenho interesse de saber como funciona para ser uma consulta dessa instituição?? Fico aguardo de um retorno
    Att..

    • admin janeiro 5, 2018

      Olá Socorro, bom dia!!

      Obrigada pelo contato, iremos encaminhar os seus dados para o setor do atendimento.

      Equipe Mapa da Mina Acessórios

  • Maria Celma de Araujo dezembro 27, 2017

    Tenho interesse em mais informações sobre como ser um franquiado

    • admin janeiro 5, 2018

      Olá Maria, bom dia!!

      Obrigada pelo contato, iremos encaminhar os seus dados para o setor do atendimento.

      Equipe Mapa da Mina Acessórios