14/11/2017 - Franquia

As vantagens de ter uma microfranquia

As vantagens de ter uma microfranquia

Seria uma microfranquia uma franquia em tamanho menor? Suas unidades seriam pequenas lojinhas? Essas são dúvidas bastantes pertinentes em relação a este conceito. Na verdade, a microfranquia segue os mesmos padrões de uma franquia tradicional, porém com valor de investimento muito menor. E para que isso seja possível existem algumas diferenças bastante relevantes.

A principal delas tem a ver com o ambiente de trabalho. A microfranquia tem como essência o conceito home based, uma variação do home office, que nada mais é do que uma empresa em sua residência. Esta prática tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil, seguindo uma tendência mundial. Especialistas afirmam que, num futuro próximo, o modelo deve ser adotado por mais da metade da população brasileira. Parece inacreditável, mas não faltam motivos para que a prática do home based seja, de fato, considerada. E você sabe quais são as vantagens de ter uma microfranquia?

Confira abaixo:

Benefícios de trabalhar em casa

Montar um escritório dentro de casa é, na verdade, a solução para diversos problemas enfrentados hoje em dia. Principalmente em grandes metrópoles, onde o trânsito e o transporte público dificultam a locomoção para um ponto fixo, o modelo home based pode representar um enorme ganho de tempo, tanto para o trabalho como para a vida pessoal.

Outra consideração relevante tem a ver com os horários de trabalho, que costumam são muito engessados, causando grande desgaste psicológico nos ditos empregos convencionais. Neste caso, não somente o fato de trabalhar em casa, mas a circunstância de ser seu próprio chefe, representa uma grande melhoria na qualidade de vida.

Um novo jeito de trabalhar

Com o home based, a empresa não possui um espaço físico específico. Seu local de trabalho, inclusive, pode variar de acordo com a sua demanda. É possível resolver as coisas de casa, de um escritório de coworking, ou, até mesmo, a partir de outra cidade. Uma microfranquia home based também tem a vantagem de ter uma estrutura enxuta, com poucos colaboradores.

Na maioria das vezes, aliás, o negócio é tocado apenas pelo proprietário, o que garante um maior controle sobre todas as atividades e demandas. Precisou resolver alguma coisa durante o dia? Não tem problema, já que este modelo não possui horário fixo e o franqueado tem total flexibilidade para trabalhar e adaptar sua agenda aos compromissos pessoais.

É claro que não existem, também, salários programados. Então a remuneração vai depender do quanto essa microfranquia se desenvolveu durante o mês. Para isso é necessário que o franqueado possua boa capacidade organizacional, sabendo dividir o tempo de maneira produtiva para fazer com que o negócio prospere.

Baixo investimento

Todos os pontos levantados podem ser de grande vantagem para o empresário que escolhe por investir em uma microfranquia. Mas o maior diferencial deste modelo é, sem dúvida, o custo. Ainda estarão presentes as despesas comuns a uma franquia convencional, como taxas e afins. Porém, como não há gastos com loja física, reformas, aluguel, mobílias, e equipe, torna-se uma opção muito mais acessível para aqueles que buscam investir no seu próprio negócio.

Em geral, essa é uma excelente opção para quem tem a vontade de empreender em um negócio próprio, mas possui poucos recursos, ou para quem acabou de perder o emprego e gostaria atuar de forma independente. No entanto, é preciso ter disciplina e foco para que todas as atividades sejam cumpridas com qualidade e prazo corretos. Como o trabalho será desenvolvido de casa, há grandes chances de distrações como TV, telefone ou atividades domésticas. É preciso estipular e seguir os horários em que gostaria de gerir sua microfranquia, para que nada atrapalhe o seu desenvolvimento.

Se você curtiu esse texto, aproveite para seguir nossas páginas nas redes sociais. Estamos no Facebook e no Instagram!

 

08/11/2017 - Franquia

Estratégias para aumentar as vendas nas datas comemorativas

Estratégias para aumentar as vendas nas datas comemorativas

De extrema importância para as vendas do comércio em geral, as datas comemorativas costumam atrair milhares de consumidores às lojas em busca de presentes. Também significativas, além das celebrações fixadas no calendário anual, são as celebrações pessoais como aniversário, comemoração de anos de namoro ou casamento e lembranças espontâneas que podem virar motivo de festa.

Independentemente da intenção, as empresas precisam estar preparadas para atender a toda essa demanda e criar boas oportunidades para conquistar os clientes. No modelo de franquias, algumas marcas já estão inseridas em subsegmentos evidentemente ligados ao ato de presentear, como o de acessórios e semijoias, vestuário, cosméticos e perfumaria. Mesmo para elas é fundamental ter estratégias elaboradas para aproveitar melhor essas datas.

  • Escolha as datas comemorativas que mais combinam com a sua loja

Saber filtrar quais celebrações são mais oportunas para a empresa pode otimizar os investimentos com ações promocionais e estoque. Para chegar a esta conclusão, é importante saber quais são as características e as necessidades dos clientes.

  • Prepare o estoque com antecedência

Um dos piores pesadelos de um lojista é perder a venda por falta de produto. Isso pode ser evitado com um planejamento anual de datas comemorativas, para que o estoque seja abastecido com antecedência. Este processo pede uma análise detalhada do histórico de vendas para identificar quais são os produtos mais procurados para cada objetivo específico.

  • Crie ações personalizadas

Criatividade é um elemento mais do que necessário na hora de desenvolver uma campanha de marketing que seja diferente das outras marcas presentes no mercado. Apenas a palavra promoção causa grandes impactos com os consumidores, mas sem segmentação e uma estratégia assertiva os resultados podem não atender às expectativas.

De acordo com Marcos Pertile, diretor administrativo da franquia de semijoias Mapa da Mina, os meses com alguma data comemorativa sempre obtêm maior rentabilidade, ajudando no equilíbrio dos meses de menor faturamento. “Nós temos três datas mais importantes: Dia das Mães, responsável por 50% de aumento nas vendas, Dias dos Namorados, com aumento de 30%, e o Natal que impacta 100% no faturamento”. Aproveitá-las passa a ser obrigação.

Portanto, é preciso estar atento a todas as datas comemorativas e se preparar previamente para atender as demandas que vão surgir. Produtos em estoque e nas gôndolas, bom atendimento e pesquisar as tendências certamente vão fazer suas vendas aumentarem mais.

O que você achou desse texto sobre estratégias para aumentar as vendas nas datas comemorativas? Compartilhe este post nas suas redes sociais!

01/11/2017 - Franquia

Saiba como investir em uma microfranquia pode aumentar a receita do seu negócio

Saiba como investir em uma microfranquia pode aumentar a receita do seu negócio

Incrementar a renda tem sido o objetivo de muitos brasileiros em meio à crise econômica, e para os proprietários de comércio e varejo não poderia ser diferente. Para diversificar as suas fontes de receita dentro do próprio estabelecimento, os donos de salões de beleza, lojas de cosméticos e perfumarias têm buscado investir em microfranquias.

A rede de franquias Mapa da Mina desenvolveu o modelo de negócios Express, em que são inseridas torres de semijoias da marca dentro desses estabelecimentos comerciais. Para os comerciantes, além da vantagem de ter uma fonte de faturamento extra sem custo operacional, é uma oportunidade de estreitar o relacionamento com a clientela, oferecendo possibilidades de consumo que vão além das tradicionais.

Como funciona a Microfranquia?

Com investimento total de R$ 50 mil – o que inclui R$ 27 mil para a aquisição dos produtos –, o franqueado passa a ter 10 torres para inserir em pontos comerciais diferentes. Cabe ao franqueado realizar o controle dos estoques, a reposição de peças e o gerenciamento das vendas.

Para o proprietário do estabelecimento, é a oportunidade de receber comissões sem nenhuma complexidade, sendo apenas necessário conhecer os produtos da marca para melhor realizar as vendas. Além disso, as torres foram desenvolvidas com suportes imantados, que permitem ajuste das peças na vertical e na horizontal, com total segurança e otimização do espaço.

Negócios Complementares

Ao identificar o potencial de complementar o próprio negócio com a microfranquia, é possível – além de incrementar a renda – fidelizar os clientes atendendo cada vez mais as suas necessidades. “Temos a oportunidade de oferecer aos clientes uma opção de compra em momentos de bem-estar, trazendo as semijoias para ambientes complementares e sinérgicos aos da moda e de beleza”, afirma Marcos Pertile, diretor da rede Mapa da Mina.

Os dados do mercado de acessórios e semijoias indicam que este é um negócio promissor. De acordo com levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM), o mercado brasileiro de joias e semijoias reúne mais de três mil empresas, que juntas faturaram R$ 600 milhões em 2013, com taxa média de crescimento de 115%.

O que achou da sugestão de apostar na microfranquia para incrementar o seu próprio negócio? Avalie o modelo do Mapa da Mina, que também oferece garantia além do prazo legal.

 

Páginas 123413